Pharmacological treatments for generalised anxiety disorder- a systematic review and network meta-analysis 2019

Esta revisão de 2019 discute o tratamento farmacológico da Transtorno da Ansiedade Generalizada. Apesar do foco do artigo não ser o idoso, ele nos fornece pistas que podem nos ajudar na escolha do melhor tratamento no idoso. Os autores encontraram que os fármacos mais eficazes e com maior aceitabilidade entre os pacientes foram a duloxetina, pregabalina, venlafaxina e escitalopram, quando comparadas com o placebo. A mirtazapina, sertralina, fluoxetina, buspirona e agomelatina foram também eficazes e bem toleradas, mas os ensaios clínicos foram menos robustos. A quetiapina também mostrou-se eficaz, mas com menor aceitabilidade e segurança. Apesar dos benzodiazepínicos serem considerados fármacos de escolha, o perfil de segurança é menor, tendo em vista o  maior risco de interações medicamentosas potencialmente fatais com álcool e opióides e maior risco de dependência. Desta forma, os autores sugerem que a escolha do fármaco deva ser individualizada.

ID: 157

Observações
Necessário Logar